Exposição retrata os 18 anos da Parada Livre de Porto Alegre

Sem Comentarios

 Texto: Débora Fogliatto
Fotos: Samir Oliveira

Há 18 anos, o Nuances -- Grupo pela Livre Expressão Sexual realizou a primeira Parada Livre de Porto Alegre, na época chamada Parada Gay. O nome foi modificado para "contemplar todas as pessoas, independente de rótulos na luta pelo respeito à diversidade sexual e liberdades de pensamento".

Ao longo do tempo, a Parada passou a agregar diversos grupos que lutam pelos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, como Igualdade, Somos, LBL, Criolos e SAJU - G8. Ano passado, centenas de pessoas foram ao Parque da Redenção para pedir mais direitos e exigir um Estado laico. Neste ano, o tema é "Todo corpo é político".

Para celebrar a jornada iniciada em 1997, o SindBancários recebe a exposição A Parada Exposta -- 18 anos expressando liberdades. A mostra foi aberta nesta sexta-feira, dia 14, e acontece até o dia 30, na General Câmara, 424.

São 51 fotos das diversas épocas dispostas lado a lado, de forma em que se pode perceber o clima de alegria, especialmente com o glamour das drag queens e travestis que marcam presença e realizam performances, e ao mesmo tempo a reivindicação de direitos. Uma das fotos, possivelmente ainda dos anos 1990, traz uma faixa com os dizeres "Rompa o silêncio".

As fotos são do acervo de diversas instituições organizadoras.

Ficha técnica:
Curadoria: Rnan e Maurício Nardi
Edição de Fotográfia: Rnan e Maurício Nardi
Texto Curatorial: Célio Golin, Rnan e Maurício Nardi
Arte banner: Perseu Pereira - Medusa Design Gráfico
Pesquisa Fotográfica: Rnan, Maurício Nardi, Fabiano Barnart, Célio Golin, Leonardo Braza e Perseu Pereira.
Apoio técnico: Daniela Távora
Foto de Divulgação: Acervo do SAJU – G8
Fotógrafo: Nany Cast
Acervo: Igualdade-rs Travestis Transexuais, Nuances Lgbts, Somos - Comunicação, Saúde e Sexualidade, LIGA BRASILEIRA DE LÉSBICAS - RS, SAJU - UFRGS (Serviço de Assessoria Jurídica Universitária) e Criolos - Sexualidades, Negritude e Afirmação.
Apoio Institucional: SindBancários Porto Alegre



back to top